INFORMATIZAÇÃO: BARUERI IMPLANTA SISTEMA DE SOLUÇÃO PARA GESTÃO DA SAÚDE BÁSICA

editado

Tecnologia mobile ePHelth permite a organização e otimização dos trabalhos desenvolvidos pelos agentes comunitários de saúde, do programa Saúde em Casa

Insistir na atenção primária deve ser prioridade no sistema de saúde. Isso porque uma rede de atenção primária funcionando bem é capaz de resolver 85% dos problemas de saúde da população, evitando internações e deixando que os hospitais cuidem apenas dos casos mais complexos.

Pensando na otimização dos trabalhos desenvolvidos durante as visitas domiciliares dos agentes comunitários de saúde do Programa Saúde em Casa, a Prefeitura de Barueri, em parceria com o Instituto de Saúde e Meio Ambiente (ISAMA), implantou o sistema ePHelth, tecnologia mobile que amplia a comunicação e organiza todas as informações sobre a saúde dos munícipes. O sistema tem o objetivo de proporcionar uma melhora na vida da população barueriense e ampliar as possibilidades do programa.

Como funciona

Cada agente comunitário de saúde vai estar portando um aparelho smartphone, instalado com o aplicativo, que funciona mesmo sem internet. Durante a visita domiciliar, o agente atualiza as informações sobre vacinação, sintomas de hipertensão, diabetes, entre outras enfermidades identificadas na hora, ou cadastra uma nova pessoa, reunindo as informações necessárias para as próximas visitas. Tudo é salvo no aparelho e sincronizado com o sistema do gestor de saúde responsável e com o sistema do Ministério da Saúde.

Com isso, os principais problemas são identificados preventivamente, diminuindo os riscos à saúde do cidadão.

Eficiência

 O sistema informatizado apresenta todas as fichas cadastrais de cada indivíduo e o desempenho dos trabalhos desenvolvidos pelos agentes comunitários de saúde, que são solicitadas pelo Ministério da Saúde. Isso permite um monitoramento em tempo real das ações desses profissionais.

Cada agente terá um pacote de dados para utilizar a sincronização dos dados obtidos durante o dia. Além do aplicativo, os profissionais também contam com um portal para a compilação das informações.

Barueri tem 178 agentes comunitários de saúde. Cada um é responsável por uma micro área, correspondente à 200 famílias. A utilização do sistema visa a prioridade com a saúde, a qualificação, a agilidade e a eficiência dos profissionais que atuam com a atenção básica.

IMG_20160425_130042

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *