Imprensa

AEDES: AÇÃO DE COMBATE AO MOSQUITO AEDES É REALIZADA NO CEMITÉRIO DE CUBATÃO -


img_20161027_095334193

Agentes de saúde retiraram águas paradas em vasos das campas, latas, entre outros objetos que podem acumular água, além de espalhar sal grosso

Com a proximidade do Dia de Finados (2/11), o Departamento de Vigilância à Saúde de Cubatão, em parceria com o Instituto de Saúde e Meio Ambiente (ISAMA), realizou nesta quinta-feira (27) um mutirão de ação de combate ao mosquito Aedes aegypti no Cemitério Municipal.

De acordo com o departamento, o Cemitério Municipal é cadastrado na lista de ponto estratégico urbano de risco e, quinzenalmente, as equipes vistoriam o local para identificação e eliminação dos criadouros do mosquito. Os agentes de saúde retiraram águas paradas em vasos das campas, latas, entre outros objetos que podem acumular água, além de espalhar sal grosso.   “Com o feriado, muitas pessoas levam vasos de flores aos túmulos que podem se tornar um foco. O objetivo é justamente diminuir e evitar a transmissão das doenças dengue, chikungunya e zika vírus”, explica Rosângela Jorge, coordenadora de campo.

São esperadas aproximadamente 10 mil pessoas no dia de finados. Os funcionários do cemitério também foram instruídos para realizar orientações, aconselhando visitantes para que não deixem objetos que possam acumular água, facilitando a proliferação do mosquito. O conselho é que sejam utilizados vasos que possuam furos na base e que seja colocada areia nos pratinhos. Desde o início do ano, a Cidade já registrou 49 casos confirmados de dengue e dois casos de chikungunya importados (adquiridos em outras cidades). A ação visa evitar o surgimento de novos casos.

Outra preocupação da Administração é com a chuva. “Recomendamos que as pessoas tragam flores de plástico que dispensam o uso de água. Durante as ações, as nossas equipes encontram vários vasos com água.”, alerta Rosângela. Na próxima quinta-feira (03) será realizado um novo mutirão no local para verificação técnica.

 

img_20161027_110247 img_20161027_110347 img_20161027_094927148 img_20161027_094949786 img_20161027_095049334 img_20161027_095140548 img_20161027_095435441 img_20161027_110035

VAGAS: PROCESSO SELETIVO PARA ISAMA SANTO ANDRÉ -


O ISAMA – Instituto de Saúde e Meio Ambiente, realizará seleção de pessoal para o preenchimento da seguinte vaga:

 

– Agente Administrativo.

Exige-se Ensino Médio.

Necessário conhecimento de informática.

 

Os interessados deverão enviar currículo entre os dias 03 e 05/10/2016 para o e-mail: selecao_santoandre@isama.org.br

 

Os currículos não selecionados ficarão disponíveis em nosso banco de dados para oportunidades futuras.

 

AEDES: NOVOS MUTIRÕES DE COMBATE AO MOSQUITO SERÃO REALIZADOS EM SANTO ANDRÉ -


 

Prefeitura, em parceria com ISAMA, irá intensificar o combate em todos os sábados dos meses de setembro a dezembro

Mais mutirões de combate ao mosquito Aedes aegypti serão realizados em Santo André. O Instituto de Saúde e Meio Ambiente (ISAMA), em parceria com  a Prefeitura de Santo André e a Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo (SUCEN), irá organizar as ações em todos os sábados dos meses de setembro a dezembro.

A ação Todos Juntos Contra o Aedes aegypti tem expectativa de registrar menos casos da doença na Região do Grande ABC. O último balanço regional acompanhado pela Sala de Situação Regional do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, apontou uma redução de 67,2% até a décima sétima semana epidemiológica, encerrada em 30 de abril, na comparação com o mesmo período de 2015.

Juntamente com as equipes do Departamento de Vigilância à Saúde e Programa Saúde da Família, Santo André foi “varrida” pelos agentes, que desempenharam diversas ações de combate. Os trabalhos aconteceram em todos os sábados e foram realizadas aproximadamente 77.790 visitas domiciliares.

A primeira ação deste semestre será realizada no primeiro sábado (3) de setembro e contará com apoio dos munícipes para prosseguir com a eliminação dos criadouros e identificação dos locais que necessitam da intervenção da força-tarefa e proteger a Cidade contra a dengue, zika e chikungunya.